Comunicação

15/09/2017

Mundo Senai: empresários conhecem cursos da Escola da Construção Civil

Diretoria do Sinduscon/JP viram o canteiro de obras, as turmas de informática, robótica, instalações elétricas e de automação, entre outras atividades. Leia mais.

       Uma grata surpresa com os cursos tecnológicos disponíveis na Escola da Construção Civil José William Lemos Leal, em Bayeux, para a formação técnica qualificada de jovens que vão ingressar no setor da construção civil ou outros segmentos industriais. Foi o sentimento predominante entre os dirigentes do Sinduscon/JP, João Barbosa de Lucena, José William Montenegro, Wagner Breckenfeld e João Henrique, que fizeram, ontem, visita técnica à instituição do Sistema FIEPB, no primeiro dia do Mundo Senai, evento promovido divulgar as oportunidades de formação técnica para jovens e também para tornar mais conhecido os cursos junto ao empresariado.

    Recepcionados vice-presidente da Fiep, Romualdo Farias e pela diretora Patrícia Ventura, os construtores ouviram explicações diretamente dos estudantes dos cursos de Computação, sobre instalação e segurança de rede, manutenção de computadores, bem como o uso do Autocad e Revit em projetos de engenharia e arquitetura; de robótica e sua aplicação às atividades de canteiro de obras, manutenção predial e segurança do trabalho; de instalações hidráulicas e elétricas, tanto residencial como industrial, além de atividades específicas da construção civil, como a edificação de uma casa de alvenaria, o trabalho de fachada entre outras atividades.

A estratégia de ter os cursos e serviços apresentados pelos estudantes agradou. Para o Romualdo Farias, os jovens precisam estar envolvidos neste processo, pois é o aprendizado deles. O empresário do setor de panificação observou que atualmente existe um melhor entendimento e valorização da formação técnica, que é mais demandada pelo mercado de trabalho. Segundo informações de professores da instituição, não há desistência dos cursos qualificação e capacitação por parte dos alunos. Ontem, a expectativa é de que a escolha seja visitada por cerca de 600 jovens. Neste ano, 300 estudantes estão em sala de aula.

Já o presidente do Sinduscon/JP, João Barbosa disse que a visita lhe trouxe uma surpresa muito grande pela capacidade do Senai que oferece cursos técnicos, inclusive de curta duração e até cursos de pós-graduação em construção civil. “Estou surpreendido com o nível de tecnologia que aplicam aqui. É esperança para o futuro, porque tudo foi transmitido por jovens, que têm satisfação e orgulho de receber os visitantes. Isso é uma demonstração do que a sociedade está atenta ao que se passa, os jovens estão aprendendo e o Senai, uma instituição privada, demonstra como é possível fazer um trabalho sério que vai contribuir de forma definitiva para o estado e para a nação.

            Também José William Montenegro, representante do Sinduscon/JP junto à FIEPPB realçou a formação técnica e a necessidade de, igualmente, transmitir, aos jovens, orientações de cidadania, cordialidade e formas de relacionamento que facilitam a convivência no ambiente de trabalho.

Clique aqui e veja mais fotos.

©2013. Todos os Direitos Reservados - v1.1.60