Comunicação

13/11/2017

Sinduscon-JP recebe representantes do Banco do Brasil

As condições de crédito para habitação, no BB, foi a pauta do encontro

O Banco do Brasil mantém o financiamento de imóveis com linha pró-cotista e quer ampliar negócios na área de habitação. A informação é do superintendente regional do Banco do Brasil, Adriano Sonntag Maia, que esteve em reunião com dirigentes do Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP), na sexta-feira, dia 11.

Na ocasião, o presidente da entidade, João Barbosa de Lucena falou sobre o setor, em nível local, bem como apresentou dados nacionais, observando que a construção civil é um dos primeiros segmentos econômicos a sentir a desaceleração da economia e um dos últimos a superar a retração econômica. Por outro lado, a construção civil tem grande capilaridade movimentando diversos outros segmentos com a geração de emprego e renda.

Segundo o superintendente regional de Varejo, o Banco do Brasil está investindo muito em tecnologia e buscando simplificar os processos de concessão de crédito. Ele observou que pelo aplicativo do BB, o cliente pode obter o financiamento de um carro e fazer várias operações. Em relação ao crédito imobiliário, Adriano Sonntag Maia disse que atualmente o sistema está mais ágil e a liberação do financiamento pode sair em até 20 dias. Ele informou que o banco está operando com a linha pró-cotista, o que significa financiar imóveis até o valor de R$ 750.000,00 e que o banco financia até 80% do valor do imóvel novo.

Acompanhado do gerente geral Jaynilson Custódio e do assessor Wander Justino, o superintendente disse que as agências Estilo, voltadas para clientes de maior renda, tem equipes qualificadas para a análise e concessão de crédito, e que devem ser procuradas por aqueles que precisam de empréstimo bancário, seja para a compra de um imóvel ou para outra atividade econômica. Além disso, o banco tem taxas de juros consideradas bem atrativas, em especial para os clientes que recebem o salário pelo próprio BB.

 

Festival da Casa Própria

 

Também participou do encontro o presidente do Creci-PB, Rômulo Soares, que apresentou o projeto do Festival da Casa Própria, programado para o período de 3 a janeiro de 2018, no Espaço Cultural, com a participação de 35 empresas, entre construtoras e imobiliárias. O evento vai movimentar o mercado paraibano, com a oferta de imóveis prontos e de lançamentos de empreendimentos, tendo várias atrações, inclusive o sorteio de um veículo entre os compradores de um imóvel durante a festival. O Banco do Brasil foi convidado a participar do evento, como agente financeiro.

Para o presidente do Sinduscon-JP a reunião foi bastante positiva, porque as informações sobre as condições de financiamento para a habitação apresentadas são interessantes. Estavam presentes os vice-presidentes, Ozáes Filho, de Relações do Trabalho; e Gustavo Castro, de Materiais e Tecnologia; o conselheiro Fábio Sinval e o delegado representante Trajano Ramalho Filho, bem como o diretor executivo, João Henrique.

 

©2013. Todos os Direitos Reservados - v1.1.60